Engenharia de Produção РFaculdade Santa Maria da Glória РSMG Engenharia de Produção

Engenharia de Produção

MATUTINO

NOTURNO

Concepção

Considere qualquer processo. L√° est√° um Engenheiro de Produ√ß√£o para coordenar, planejar, implementar, corrigir e tantas outras a√ß√Ķes que esse curso ir√° habilitar o aluno.

Já parou para pensar que praticamente tudo é uma linha de produção?
Quando voc√™ utiliza um caixa eletr√īnico ele mostra um passo a passo que deve seguir, ou seja, um processo! Isso significa que at√© bancos precisam de um Engenheiro de Produ√ß√£o.

Da ind√ļstria aliment√≠cia, passando pela qu√≠mica, pela constru√ß√£o civil, chegando √† automobil√≠stica. O campo de trabalho da Engenharia de Produ√ß√£o √© muito maior do que voc√™ imagina.

Venha conhecer!

 

 

CONCEPÇÃO

A engenharia de produ√ß√£o vem crescendo a cada dia no mercado e com isso a necessidade de inova√ß√Ķes na rela√ß√£o ensino-aprendizado.

Os alunos da SMG são preparados para enfrentar desde o ambiente de processos de chão de fábrica até mesmo os planejamentos produtivos complexos.

O grande diferencial é a visão sistêmica das cadeias de suprimento e transformação.
Visitas t√©cnicas, palestras e o projeto ‚Äúinova√ß√£o ao produzir‚ÄĚ fazem de nossos acad√™micos promissores profissionais de destaque.

O CURSO

O curso de Engenharia de Produção une conhecimentos de Engenharia e Administração para o projeto, a implantação, a operação, a melhoria e a manutenção de sistemas produtivos integrados de bens e serviços, envolvendo homens, materiais, tecnologias, informação e energia. Dentro deste contexto, compete ao Engenheiro de Produção especificar, prever e avaliar resultados obtidos de sistemas produtivos para a sociedade e meio ambiente, recorrendo a conhecimentos especializados da matemática, física, ciências humanas e sociais, conjuntamente com os princípios e métodos de análise e projeto de engenharia.

COMPETÊNCIAS

Integrar e dimensionar recursos físicos, humanos e financeiros produzindo com eficiência e menor custo e com possibilidade de melhorias contínuas.

Utilizar ferramentas estat√≠sticas e matem√°ticas para modelar sistemas de produ√ß√£o e auxiliar na tomada de decis√Ķes.
Projetar levando em consideração os limites e as características das comunidades envolvidas, implementando e aperfeiçoando sistemas, produtos e processos.

Selecionar tecnologias e know-how prevendo e analisando demandas, projetando produtos ou melhorando suas características e funcionalidade.

Aprimorar produtos e processos, produzir normas e procedimentos de controle e auditoria.

Incorporar conceitos e técnicas da qualidade em todo o sistema produtivo, tanto nos seus aspectos tecnológicos quanto organizacionais.

Perceber a intera√ß√£o entre as organiza√ß√Ķes e os seus impactos sobre a competitividade prevendo a evolu√ß√£o dos cen√°rios produtivos.

Acompanhar os avanços tecnológicos, organizando-os e colocando-os a serviço da demanda das empresas e da sociedade.

Compreender a relação dos sistemas de produção com o meio ambiente atentando para a exigência de sustentabilidade.

PERFIL DO EGRESSO

A engenharia de produção é responsável pela integração de processos produtivos, permitindo a perfeita coordenação de tarefas de responsabilidades técnica e administrativa.
O profissional da área é capacitado a trabalhar em diversos ramos, como produção, administração e finanças, entre outros.
Atua como um canal de integração entre os sistemas técnicos (engenharias) e a área administrativa da empresa, o que facilita a criação e a administração de novos produtos e serviços.

Atua também no:

  • Desenvolvimento Organizacional;
  • Planejamento e Controle de Sistemas Produtivos;
  • Sistemas de Apoio √† Tomada de Decis√£o;
  • Gest√£o da Qualidade;
  • Tecnologia e Inova√ß√£o;
  • Engenharia do Trabalho, dentre outras.

MOTIVOS PARA CURSAR ENGENHARIA DE PRODUÇÃO NA SMG

A engenharia de produ√ß√£o vem crescendo a cada dia no mercado e com isso a necessidade de inova√ß√Ķes na rela√ß√£o ensino-aprendizado.

Os alunos da SMG são preparados para enfrentar desde o ambiente de processos de chão de fábrica até mesmo os planejamentos produtivos complexos.

O grande diferencial é a visão sistêmica das cadeias de suprimento e transformação.

Visitas t√©cnicas, palestras e o projeto ‚Äúinova√ß√£o ao produzir‚ÄĚ fazem de nossos acad√™micos promissores profissionais de destaque.

MATRIZ CURRICULAR

1¬ļ Per√≠odo

  • Bases Mercadol√≥gicas da Tecnologia da Informa√ß√£o;
  • Criatividade e Inova√ß√£o;
  • Economia e Cen√°rios Globalizados;
  • √Čtica Profissional;
  • Leitura e Produ√ß√£o de Texto.

2¬ļ Per√≠odo

  • Administra√ß√£o das Organiza√ß√Ķes;
  • Desenho T√©cnico para Engenharia;
  • F√≠sica I;
  • Introdu√ß√£o √† Engenharia;
  • Introdu√ß√£o ao C√°lculo;
  • Qu√≠mica Geral.

3¬ļ Per√≠odo

  • C√°lculo Diferencial e Integral I;
  • Estat√≠stica e Probabilidade;
  • Estudos Antropol√≥gicos e Sociol√≥gicos;
  • F√≠sica II;
  • Geometria Anal√≠tica e √Ālgebra Linear;
  • Seguran√ßa do Trabalho.

4¬ļ Per√≠odo

  • C√°lculo Diferencial e Integral II;
  • Ci√™ncia e Tecnologia dos Materiais;
  • Engenharia Econ√īmica;
  • F√≠sica III;
  • Qualidade de Vida, Meio Ambiente e Economia Sustent√°vel;
  • T√©cnicas de Programa√ß√£o.

5¬ļ Per√≠odo

  • Educa√ß√£o das Rela√ß√Ķes √Čtnico-Raciais;
  • Eletrot√©cnica Geral;
  • Equa√ß√Ķes Diferenciais;
  • Fen√īmenos de Transporte;
  • Mec√Ęnica Geral;
  • M√©todos Num√©ricos.

6¬ļ Per√≠odo

  • Administra√ß√£o da Produ√ß√£o;
  • Controle Estat√≠stica de Processos;
  • Empreendedorismo;
  • Introdu√ß√£o √† Resist√™ncia dos Materiais;
  • Mec√Ęnica dos Flu√≠dos;
  • Qualidade e Produtividade.

7¬ļ Per√≠odo

  • Engenharia do Trabalho;
  • Gest√£o de Cadeia de Suprimentos;
  • Instala√ß√Ķes Industriais;
  • Metodologia Cient√≠fica da Pesquisa;
  • Pesquisa Operacional e Modelagem;
  • Planejamento e Controle da Produ√ß√£o.

8¬ļ Per√≠odo

  • Desenvolvimento de Produtos;
  • Gest√£o de Opera√ß√Ķes e Servi√ßos;
  • Log√≠stica de Transportes e Armazenagem;
  • Novas Tecnologias da Informa√ß√£o e da Comunica√ß√£o;
  • Organiza√ß√£o Industrial e Automa√ß√£o;
  • Simula√ß√£o e Tomada de Decis√£o.

9¬ļ Per√≠odo

  • Automa√ß√£o Industrial;
  • Est√°gio Supervisionado I;
  • Gest√£o De Custos Dos Sistemas Produtivos;
  • Planejamento Estrat√©gico;
  • Sistemas De Informa√ß√£o Gerenciais;
  • Trabalho De Conclus√£o De Curso I.

10¬ļ Per√≠odo

  • Est√°gio Supervisionado II;
  • Gest√£o de Pessoas e Organiza√ß√£o do Trabalho;
  • Gest√£o de Projetos para Produ√ß√£o;
  • Qualidade e Sustentabilidade na Gest√£o da Produ√ß√£o;
  • T√≥picos Especiais de Engenharia de Produ√ß√£o;
  • Trabalho de Conclus√£o II.

Notícias